top of page

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, responde notificação do Elo Social, com informação do numero de servidores.


A CESB = Confederação do Elo Social Brasil, atraves do Oficio Notificação nº 209/2024 – GP – CESB, pleiteou ao Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, qual seria o numero de servidores em atividades na instituição.


O motivo do pedido, tem a ver com a quantidade imensa de servidores que a ALEGO - Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, possui, porem a presidência da casa não cumpre a lei de transparência, e quando questionada pelo Ministério Público, atraves de representação feita pelo Elo Social, respondeu ao nobre Promotor de Justiça, de forma lacônica, dizendo em outras palavras que não tem como informar a localização de cada servidor e ainda enfatizou que muitos tem a carga horaria diária de 30 (trinta) horas.


Postura totalmente diferente foi a do Tribunal de Justiça de Goiás, que atraves do Oficio nº 883/2024 – SEP e do Parecer nº 000579/2024, prolatado nos autos do Processo PROAD nº 202404000511287 (Evento nº 11), não só forneceu o numero dos servidores da casa como também seus postos de trabalho, que inclusive esta disponibilizado no portal de internet da instituição.






16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page