top of page

Procuradoria Geral de Justiça do Estado de Goiás, responde notificação do Elo Social.


Procuradoria Geral de Justiça do Estado de Goiás responde notificação de CEB - Confederação do Elo Social Brasil, sobre a quantidade de servidores na ativa na instituição.


A providencia foi tomada, por causa da suspeitas, da existência de "funcionários fantasmas", na ALEGO - Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, que mantem mais de 5.000 (cinco mil) servidores na sua lista e que notificada por nos, não sabe aonde os mesmos estão apresentando serviço.


Como a ALEGO, se recusou a responder, foi instaurado processo junto ao Ministério Publico, aonde a mesma se manifestou de forma lacônica.


Para servir de referencia e é claro constatar se o problema não estava acontecendo também no executivo e até mesmo no Judiciário, notificamos o Chefe do Executivo, a Secretaria de Segurança Publica, Procuradoria Geral do Estado e Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, com as mesmas perguntas e ficamos muito satisfeitos com a resposta recebidas.




11 visualizações0 comentário

Komentar


bottom of page